ALPB aplaude João Azevêdo por ‘Programa de Investimentos em Obras Públicas’

0 22

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quarta-feira (8), durante sessão remota, voto de aplausos ao governador João Azevêdo pelo anúncio do ‘Programa de Investimentos em Obras Públicas’ na Paraíba, ocorrido na última segunda-feira (6). As ações envolvem 203 intervenções em todo o Estado e asseguram investimentos superiores a R$ 798 milhões, dos quais R$ 601 milhões são de recursos próprios do tesouro estadual. O autor do requerimento é o deputado estadual Lindolfo Pires.

Na sua propositura, o parlamentar destaca que a medida do governo  “demonstra a sua preocupação com a retomada dos empregos, considerando o fato de que a maioria das obras será voltada para as atividades da construção civil, ramo de atividade em condições de oferecer um retorno rápido quanto à empregabilidade com a oferta maior do número de vagas para os trabalhadores. Estas obras irão contemplar todas as regiões do nosso Estado”.

Ele ainda ressalta a importância das obras de construção do Hospital da Mulher, em João Pessoa; do arco metropolitano leste de Campina Grande; da implantação do Parque Linear Parahyba III, na Capital paraibana; da construção e recuperação de diversas rodovias estaduais; da pavimentação de ruas; e de construções de apartamentos.

O ‘Programa de Investimentos em Obras Públicas’ na Paraíba tem o objetivo de impulsionar a economia do Estado, assegurando a geração de emprego e renda em todas as regiões e melhorando a qualidade de vida da população. Na ocasião do anúncio, foram autorizadas 32 ordens de serviço; 41 obras em processo licitatório; e 130 projetos que serão autorizados para licitação.

As obras contemplam investimentos em infraestrutura, mobilidade urbana, educação, saúde, esporte e lazer, segurança pública, turismo, habitação, saneamento básico e recursos hídricos.  O plano de retomada foi viabilizado após estudos realizados com a equipe de gestão fiscal do governo e obedecerá a todas as orientações previstas no ‘Plano Novo Normal Paraíba’, que permitiu a retomada das atividades da construção civil, observando os protocolos específicos do setor e todas as normas de distanciamento social para evitar a propagação do coronavírus.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.