Primo de Manoel Matos é executado com vários tiros na cabeça

0 76

O empresário Abson Matos, primo do advogado Manoel Mattos, foi executado, no início da noite dessa quarta-feira (05), com vários tiros de arma de fogo na cabeça, dentro do seu empreendimento comercial, localizado no bairro Pedra Bela, em Itambé.

 

Apesar do crime ter acontecido em Itambé, Abson era conhecido no município de Pedras de Fogo (PB) por participar de diversos programas de rádio e  grupos de whatsapp.

 

De acordo coma polícia, o empresário vinha recebendo ameaças de mortes.

 

O advogado Manoel Mattos foi morto a tiros de espingarda calibre 12 quando estava em uma casa de praia, em Pitimbu, na Paraíba, em 24 de janeiro de 2009. O crime teve repercussão internacional porque Mattos integrava a Comissão de Direitos Humanos da OAB-PE e atuava, principalmente, contra grupos de extermínio, na divisa entre Paraíba e Pernambuco, região conhecida como “Fronteira do Medo”.

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.