Flávio Lacerda é reeleito presidente da ASPAS para o triênio 2020-202

0 131

 

A Associação dos Procuradores do Estado da Paraíba (ASPAS) tem uma nova diretoria eleita para o triênio 2020/2023. A eleição ocorreu nesta sexta-feira (31), por meio de sistema eletrônico de votação, e contou com a participação de quase 75% dos associados, dando legitimidade à continuidade da gestão do procurador Flávio Lacerda, reeleito, que ao lado dos demais membros da diretoria, ficará responsável pela condução da ASPAS durante os próximos três anos. A posse ocorrerá na próxima segunda-feira (3), por videoconferência, devido à pandemia do coronavírus.

Apenas uma chapa concorreu ao pleito eleitoral da ASPAS. Além de Flávio Lacerda, continuam na diretoria os procuradores Renovato Ferreira Júnior (vice-presidente); Gustavo Nunes Mesquita (secretário-geral); Rachel Lucena Trindade (diretora administrativo-financeiro); e Felipe de Brito Lira Souto (diretor de relações institucionais). As novidades são as presenças da procuradora Jaqueline Lopes Alencar (diretora acadêmica) e do procurador aposentado Deoclécio Moura Filho (diretor de inativos).

Reeleito, o presidente Flávio Lacerda afirmou que pretende desenvolver um trabalho de continuidade junto com a diretoria, na tentativa de valorização e crescimento da categoria e da Associação, defendendo, cada vez mais, as prerrogativas dos procuradores do Estado da Paraíba. Segundo ele, algumas das metas para esse segundo mandato incluem a defesa pela realização do concurso público para nomeação de novos procuradores, e a manutenção da relação harmônica com o Governo do Estado, com o diálogo franco em favor da carreira.

“Avançamos bastante nos últimos três anos, abrimos o diálogo com o Estado, conseguimos estabelecer discussões sobre melhorias nas condições de trabalho e de remuneração; defendemos a realização do concurso público, que só não avançou devido à pandemia do coronavírus, mas esperamos que os preparativos tenham sequência nos próximos meses. Agora é dar continuidade ao trabalho de valorização da carreira e na defesa das prerrogativas dos procuradores do Estado”, comentou.

A ELEIÇÃO

Dos 102 procuradores habilitados para participar da votação, 75 (73,53%) acessaram o sistema eletrônico e depositaram o seu voto. Apenas 27 (26,47%) não participaram do pleito eleitoral.

De acordo com o resultado da eleição, a nova composição do Conselho Deliberativo da ASPAS terá o procurador Venâncio Viana de Medeiros Filho como presidente. Ele foi o mais votado, com 61 sufrágios dos associados. Os demais membros titulares serão: Manoel Sales Sobrinho (53 votos), Paulo Renato Guedes Bezerra (51), Daniele Cristina Vieira Cesário (48) e Renan Vasconcelos Neves (47). Os suplentes serão Adlany Alves Xavier (42), Felipe Tadeu Lima Silvino (39), Ricardo Ruiz Arias Nunes (34).

O Conselho Fiscal terá a presidência do procurador Carlos Arthur de Almeida Pereira, que obteve 55 votos dos colegas. Os demais integrantes titulares eleitos são Leonardo Ventura Maciel (50 votos) e Sérgio Roberto Félix Lima (45). Os suplentes serão Ariano Wanderley de Vasconcelos (40) e Sancha Maria Formiga Alencar (27).

CONFIRA A CHAPA ELEITA COMPLETA:

DIRETORIA
.
Presidente – Flávio José Costa de Lacerda
Vice-presidente – Renovato Ferreira de Sousa Júnior
Secretário-geral – Gustavo Nunes Mesquita
Diretora administrativo-financeira – Rachel Lucena Trindade
Diretor de relações institucionais – Felipe de Brito Lira Souto
Diretora acadêmica – Jaqueline Lopes de Alencar
Diretor de inativos – Deoclécio Moura Filho
.
CONSELHO DELIBERATIVO
.
Venâncio Viana de Medeiros Filho (Presidente)
Paulo Renato Guedes Bezerra
Manoel Sales Sobrinho
Daniele Cristina Vieira Cesário
Renan de Vasconcelos Neves
Adlany Alves Xavier
Felipe Tadeu Lima Silvino
Ricardo Ruiz Arias Nunes
.
CONSELHO FISCAL
.
Carlos Arthur de A. B. F. Pereira (Presidente)
Leonardo Ventura Maciel
Sérgio Roberto Félix de Lima
Ariano Wanderley da N. C Vasconcelos
Sancha Maria Formiga Alencar

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.