CRMIPD mantém atendimentos aos usuários de forma remota

0 118

O Centro de Referência Municipal e Inclusão da Pessoa com Deficiência (CRMIPD) segue atendendo os seus 498 usuários de forma remota, por chamada de vídeo e com orientações aos pais por telefone durante a pandemia do novo Coronavírus. O serviço conta com especialidades de psicologia, psiquiatria, neuropediatria, fonoaudiologia, fisioterapia, musicalização infantil, terapia ocupacional e educação física, para  crianças, adolescentes e jovens de 0 a 18 anos, com de microcefalia, síndrome Down, paralisia cerebral, autismo e deficiência intelectual, seja leve ou moderado.

Os profissionais do serviço entendem do cuidado especial que deve ter com esse público, por ser um grupo de risco, e vem mantendo os atendimentos mesmo à distância, como explica a coordenadora da área de Saúde do Centro, Nadia Marques. “Cada profissional tem sua agenda, seus horários marcados com os usuários, e o atendimento é feito daqui do Centro mesmo, através de video conferência. Eles passam as atividades, orientações e também recebem um feedback da família através de whatsapp. Nessa dinâmica a nossa equipe consegue fazer o acompanhamento da rotina dos usuários, de como eles estão evoluindo ao tratamento”, detalhou.

O Centro de Referência também prepara um planejamento para retomada gradual da assistência presencial. “Essa volta vai acontecer obedecendo todos os protocolos de saúde, tanto com relação as medidas sanitárias quanto ao fluxo de pessoas. Vamos precisar nos adequar com relação a quantidade de famílias que vão poder vir, distribuir isso ao longo das datas, para que essa volta seja segura. Até por isso, no momento nós não estamos fazendo novas triagens e recebendo novos usuários, apenas atendendo aqueles que já estavam cadastrados”, explicou.

Serviço – O Centro é gerido pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), mas trabalha de forma intersetorial em parceria com as Secretarias de Saúde (SMS) e Educação e Cultura (Sedec-JP). Localizado na Rua Coronel Otto Feio da Silveira, 161, no Conjunto Pedro Gondim, o espaço conta com refeitório, biblioteca, brinquedoteca, cineminha, setor médico, sala de recursos, jardim com playground, recepção e coordenação, além de uma piscina onde os usuários fazem fisioterapia e educação física adaptada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.