Atacante paraibano do Botafogo posta vídeo com mulheres amordaçadas e gera polêmica; veja

Jogador fez a postagem em seu Instagram, mas apagou após a repercussão negativa

0 638

O jovem atacante paraibano Luis Henrique, do Botafogo do Rio, gerou muita polêmica nesta terça-feira. Em suas redes sociais, o atacante de 18 anos publicou um vídeo com três mulheres amarradas e amordaçadas em sua casa, alertando as pessoas para continuarem em casa nesses dias de quarentena por conta do novo coronavírus.

– E ainda falam que não tem como ficar em quarentena com a mulherada. Aí tem como. Só assim para deixar nós em casa. Então, faça sua parte e fique em casa – disse na postagem

A “brincadeira” não pegou bem nas redes sociais e causou revolta dos torcedores do Botafogo. Após a repercussão negativa, Luis Henrique apagou o vídeo.

Em contato com o GloboEsporte.com, o jogador se justificou e disse ter apagado a postagem por enxergar que foi uma brincadeira sem graça e que não deveria ter sido feita. Segundo ele, o vídeo foi inspirado em alguns humoristas que fizeram o mesmo na rede social e, junto com a família, não viram maldade em reproduzir.

Luis Henrique nasceu em João Pessoa, mas foi criado em Solânea, no brejo da Paraíba. Passou a infância treinando na escolinha de futebol do pai (“Livro na mão, bola no pé”) e de lá saiu aos 14 anos rumo a Três Passos, no Rio Grande do Sul, para defender o Tac. Ficou por dois anos Sul, onde teve período de experiência também no Internacional. Em outubro de 2018 foi contratado pelo Botafogo.

Pelo Botafogo, Luis Henrique disputou o Campeonato Carioca Sub-20, a Copa São Paulo de Futebol Júnior e o Brasileirão Sub-20, além da Copa do Brasil Sub-17.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.