Após infarto, Galvão fica de fora da próxima Copa e preocupa a Globo

Narrador, que teve um infarto no ano passado, já avisou a emissora que não vai ancorar a transmissão do mundial no Catar, em 2022

0 57

Aos 69 anos, mais de 40 como narrador esportivo, Galvão Bueno tomou uma decisão importante: não vai narrar a próxima Copa do Mundo de futebol, em 2022.

A Globo já foi comunicada da decisão de uma das vozes mais importantes da narração esportiva no país. E não sabe o que fazer. Galvão não tem substituto. Não há no mercado alguém com peso e a tarimba do narrador para virar uma grife.

Goste ou não do Galvão, não há como negar que a imagem e a voz dele são imediatamente associadas a conquistas mundiais do Brasil no futebol, na F1, nas Olimpíadas.

Galvão narrou 12 copas e centenas de finais e mundiais de todos os esportes. Basta ouvir  ‘Bem Amigos…’ para saber que tem Brasil na TV ,

Além de ficar de fora da Copa, Galvão deve encostar de vez as chuteiras assim que o mundial acabar. Aposentar mesmo.

Após sofrer um infarto no ano passado e enfretando constantes problemas de voz, o narrador ouviu os pedidos da família e pretende diminuir o ritmo de vez. Galvão passou por um cateterismo de emergência em Lima, no Peru, para desobstruir uma artéria do coração.

Galvão viajou em novembro para Lima, para narrar o jogo da final da Libertadores, entre Flamengo e River Plate. Aos 69 anos, o narrador sofreu um infarto dias antes.  A família ficou assustada.

Nos bastidores, as apostas apontam que Gustavo Villani está sendo preparado para lugar do Galvão na Copa do Mundo do Catar, em 2022.

Correm por fora nomes experientes como Cléber Machado e Luiz Roberto, mas Villani conta ainda com o apoio do próprio Galvão.

O fato é que a Globo agora corre contra o tempo para escolher e fortalecer o seu novo ‘Galvão’.

 

Fonte: R7

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.