Flamengo faz contas para não estourar orçamento para ter Balotelli

0 7

O desejo do Flamengo em contratar o italiano Balotelli, 28 anos, fez a diretoria trocar informações nas últimas horas e fazer contas para enviar uma proposta pelo atacante.

Depois de ter a sinalização positiva do estafe do jogador, os dirigentes rubro-negros buscaram dados sobre os custos de tê-lo no elenco. E os valores iniciais são considerados acima do orçamento.

No Olympique Marselha o jogador recebia mais de R$ 2 milhões por mês. Para realizar um aporte na casa dos 15 milhões de euros, como é noticiado pela imprensa italiana, o Flamengo teria que vender outro atleta. Reinier é o mais cotado.

O diretor executivo Bruno Spindel e o vice de futebol Marcos Braz conversam com pessoas próximas ao representante do jogador, Mino Raiola, para sinalizar o que o clube pode fazer para que Balotelli se sinta seduzido a vir para o Brasil.

Como de praxe em contratos de jogadores livres, a diretoria sabe que precisa negociar um salário com uma premiação à parte, a chamada luva, que seria diluída em um vínculo até 2021.

A cúpula de futebol do Flamengo está mobilizada para tomar a decisão e sabe que precisa manter o discurso de responsabilidade financeira.

De acordo com as avaliações do clube, publicadas no domingo , havia espaço na folha salarial para a chegada de um jogador sem contrato da Europa. Mas não se sabe quanto.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.