OAB-PB construirá parlatório no presídio do Róger em João Pessoa

0 197

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Paulo Maia, assinou, na última quarta-feira (25), a ordem de serviço para a construção de uma parlatório nas dependências da Penitenciária Flósculo da Nóbrega (Presídio do Róger), em João Pessoa.

 

Paulo Maia destaca que a obra que será realizada no Róger é mais uma prova de que a OAB-PB valoriza os profissionais da advocacia, pelo reconhecimento de sua indispensabilidade a Justiça. Ele ressaltou ainda que o Parlatório será climatizado, equipado com computador, impressora e guichês a serem utilizados para conversas reservadas, simultaneamente, entre advogados e seus constituintes.

 

“Essa obra vai melhorar o funcionamento da unidade prisional como um todo, permitindo com segurança, conforto e dignidade o atendimento de advogados ao jurisdicionados e as pessoas que se encontram cumprindo pena ou presos provisoriamente”, declarou.

 

O presidente também agradeceu ao secretário estadual da Administração Penitenciária, Wagner Dorta, pela parceria e liberação do espaço físico no presídio para que a OAB-PB possa construir o Parlatório.

 

Já o presidente da Comissão da Justiça Criminal da OAB-PB, Rafael Vilhena, disse que o parlatório é mais uma vitória da advocacia paraibana, proporcionada pela atual gestão, que sempre tem um olhar sensível para as condições de trabalho da advocacia. “É um pleito atendido, as condições de atendimento no presídio eram as piores possíveis. A advocacia não tinha um local próprio para o atendimento ao seu constituinte e agora com essa estrutura, totalmente equipada, o advogado vai poder desenvolver o seu mister com mais dignidade e melhores condições”, sustentou.

 

Estacionamento

 

Paulo Maia também tratou com o diretor do presídio, Davi Efraim, sobre as queixas de alguns advogados quando o veto ao acesso ao estacionamento da unidade prisional. O diretor, por sua vez, garantiu o estacionamento está liberado para todos os advogados que venham atender seus jurisdicionados no presídio.

 

Com relação à construção do parlatório, Davi Efraim afirmou que o equipamento vai melhorar consideravelmente o funcionamento do presídio. “Melhora a segurança interna da unidade. Vamos ter uma demanda com mais eficiência e rapidez. Diminui a morosidade do atendimento do advogado, dando comodidade e segurança para todos nós”, disse.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.